Nos dias 18, 19 e 21 de maio foram realizadas na sede da Fundação para o Desenvolvimento Científico e Tecnológico em Saúde (Fiotec), no Rio de Janeiro, as Oficinas de Sensibilização PCD, primeiro evento desenvolvido pelo Projeto Conviver.

Durante os três dias, os colaboradores da Fiotec participaram de atividades voltadas à inclusão, ministradas por representantes do Instituto Empreender, parceiro da Fiotec na realização do evento. “O nosso objetivo foi informar sobre deficiência, trabalhar mitos, paradigmas, estereótipos e trabalhar dicas de relacionamento com as pessoas com deficiências”, explicou Flávia Xavier, colaboradora da área de Recursos Humanos, responsável pelo projeto.

 

As oficinas realizadas discutiram diversos aspectos em torno das dificuldades enfrentadas pelas pessoas com deficiência, todas com um ponto em comum: a necessidade de uma mudança de postura em relação a essas pessoas. Não se deve olhar para um cadeirante, um surdo ou um cego, com pena. Deve-se enxergar em todos a capacidade de superar as dificuldades, como qualquer outra pessoa.

O último dia de oficinas teve a apresentação de uma dupla de cegos que interpretou grandes clássicos da nossa música e também composições próprias. Os rapazes encontraram, no Instituto Empreender, as ferramentas para desenvolver seus talentos e superar as dificuldades impostas pela deficiência.

O Projeto Conviver

O Projeto Conviver foi criado recentemente pela colaboradora Flávia Xavier, e foi lançado oficialmente durante a realização das oficinas.  “Necessitamos atingir a cota, estipulada pela lei, mas acima de tudo, precisamos de nos prepararmos para acolhermos as pessoas com deficiência, num ambiente sem preconceitos, sem barreiras físicas, psicológicas e de comunicação”, explicou.

Outras atividades inclusivas acontecerão a partir da criação do projeto. Uma delas, será a realização do curso de Linguagem Brasileira de Sinais (Libras).

Conheça o Instituto Empreender


novidades