Texto: Maicon Milhen | Edição - Sônia Zaramella

“Este é o momento para discutirmos a Fundação”, foi assim que o diretor geral da Uniselva, Cristiano Maciel, deu início ao 7º Workshop do Programa de Gestão da Qualidade da Fundação de Apoio e Desenvolvimento da Universidade Federal de Mato Grosso, com sede na capital do Estado, Cuiabá.

O encontro reuniu os colaboradores da entidade para apresentarem o cumprimento dos Planos de Ação durante o segundo trimestre de 2014, com foco no Planejamento Estratégico, e autoavaliarem o desempenho das atividades desenvolvidas.

Já a superintendente da entidade, Sandra Maria Coelho Martins, destacou os “novos tempos” vividos na Fundação e ressaltou a importância do “envolvimento de todos nos trabalhos e ações desenvolvidos pela Uniselva”. Ela disse que a entidade passa por uma fase de melhorias das instalações físicas e de ampliação e qualificação de seu quadro de pessoal, providências necessárias para garantir um suporte eficiente às atividades da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT) e da sociedade.

Cristiano Maciel explicou que os Planos de Ação estão baseados numa série de reuniões e capacitações anteriores, ocasiões nas quais cada setor da Uniselva foi estimulado a refletir sobre as principais questões que afetavam seus processos de trabalho e a estabelecer prioridades para o alinhamento de padrões de trabalho.

Também integrou a programação do Workshop a primeira autoavaliação dos colaboradores da Fundação, com o objetivo de oferecer a todos a oportunidade de refletir sobre os pontos fortes e fracos de sua atuação, da instituição em que trabalha, identificar o que precisa ser melhorado e possibilitar à direção geral conhecer o que cada colaborador pensa, identificando problemas, propondo soluções, aprimorando as rotinas de trabalho, desenvolvendo capacitações e, por fim, o aprimoramento dos métodos de gestão.

O Programa que norteia esses workshops tem por objetivo implantar, na Uniselva, a Gestão de Qualidade voltada para resultados, tendo como focos a satisfação dos clientes e colaboradores, a excelência operacional, o estabelecimento de indicadores de negócios e o fortalecimento da imagem da instituição.

Para atingir esses objetivos foram adotados quatro projetos principais: “modelagem de processos internos, avaliação do desempenho das atividades, redefinição dos sistemas computacionais para apoio aos processos de gestão e a busca da certificação”, conforme explica Maciel.

A expectativa é que até o final de 2015 a Fundação Uniselva esteja preparada para desenvolver as etapas subsequentes à certificação da qualidade. “Se não todos os processos da Fundação, buscaremos quais, entre eles, poderão ser certificados”, pontuou o diretor geral.


novidades